expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Curta nossa página e acompanhe tudo o que acontece!

sexta-feira, 25 de maio de 2012

... Educação...

Olá queridos amigos, como vão todos? Espero que bem, afinal, estar bem depende de nós! Fiz algumas atividades para vocês mais não tive como postar, nesta próxima semana postarei.
Mas o que me trás aqui hoje é a minha indignação.
Indignação pela fragilidade do nosso sistema, político e social que afeta a nossa moral deixando de lado nossos direitos e deveres que tanto tentamos praticar em sala de aula e na vida que por vezes não conseguimos e que o governantes fazem questão de "não lembrar" mas os nossos impostos não deixam de cobrar... E o nosso salário? Deixa pra lá, não vale a pena discutir afinal, são milhões de professores no Brasil e estamos falando em educação, isso não é um bom investimento, pois querem cidadãos leigos e omissos, que não entendam de política e não saibam fazer cálculos longos para comparar nossos salários
com os deles, que não saibam comparar o preço de uma merenda escolar por aluno e uma quentina para um presidiário, afinal, nem vale a pena compara, um aluno custa mais barato que um presidiário na cadeia, e sem contar com os nossos prédios onde ficam nossas crianças, são enormes, sim os sonhos, eles são enormes, sonhamos com escolas que comportem um número adequado de crianças em cada sala de aula, material e livro didático para nossas aulas...
Nossa, tanta coisa para falar e pouco posso fazer!
Tento auxiliar muitos profissionais da educação e pais com o blog, mas gostaria de fazer mais.
E vou desabafar com vocês... Não estou em sala de aula, sabem porquê? O salário não me faz me sentir segura para abrir mão de uma outra atividade que exerço em minha cidade, sim sou comerciante, o salário que pago para um funcionário é maior que um salário de um professor.
Meus filhos estudam em escolas públicas, porque lá ainda existem bons professores, dedicados e cansados, mas prontos para lutar por mais um ano na nossa educação brasileira, tentando salvar ou resgatar crianças fragilizas e sendo explorados pelo nosso sistema falido que é a educação.
E ainda estamos vivendo a era tecnológica, onde smartphones, netbooks, internet banda larga e 3g estão em alta, grande parte dos nossos alunos já dominam esses aparatos e ferramentas operacionais no seu dia a dia... E o professor? Ah, vai bem obrigada, ele sabe dominar muito bem o quadro negro e o giz, e o mimeografo já era, estamos na era das impressoras... Agora só falta chegar a tinta!
Me desculpem por essas palavras, mas gostaria de falar bem mais, mas poderia se tornar frustrante, estamos acostumados a sermos mais ou menos, nas nossas vidas mais ou menos, ensinando mais ou menos aos nossos alunos mais ou menos com nossos salário mais ou menos.
Semana retrasada meu filho (8anos) chegou da escola com a boca cortada, perguntei a ele o que tinha acontecido e ele me falou que um colega tinha dato três socos no roto dele, fui falar com os responsáveis e tudo ficou mais ou menos resolvido, afinal, não podemos fazer nada com a criança e os pais andam muito ocupados, na semana passada atendi meu celular e para espanto meu a orientadora me ligou avisando que meu filho tinha levado um outro soco de um outro aluno, chegando a escola me deparo com o meu filho rodeado de professores e com gelo no rosto, quando tiro o gelo para ver o machucado o meu filho mal conseguia abrir o olho, ai gente, que coisa horrivel, me senti impotente e culpada, afinal, sempre ensinei o meu filho a não brigar e a respeitar a todos... A mãe do menino foi chamada e conversamos, foi uma péssima sensação, pois na minha cabeça me vinha a cena e a grande vontade de dar um soco nela, assim como o meu filho recebeu do filho dela, mas acredito na educação e gosto de ser um bom exemplo, então engoli o meu extinto felino de proteção e fui para um diálogo sincero. Propus a ela e a direção que estivessimos no dia seguinte na sala de aula para darmos uma aula sobre respeito, e tinhamos combinado de que faríamos o meu filhos e o dela se desculparem e abraçarem, e ainda fazermos cartazes sobre violências nas escola, bom resumindo tudo foi ótima a aula, melhor ainda se a mãe do menino tivesse ido!
Essa coisa de escola +  família é difícil!
Acho que tudo está conspirando contra a educação, as nossas leis, nossos políticos, a televisão... Tá complicado fazer parte desse mundo!


Receba nossas atividades Digite aqui seu email:

Postar um comentário

Pesquise temas do seu interesse aqui

Seguidores

Este blog está protegido por direitos autorais

É expressamente proibida cópia total ou parcial das atividades artigos e projetos da marca " Meus Trabalhos Pedagógicos ® " e da autora Andreza Melo Menezes.

Google+ Followers

Meus Trabalhos Pedagógicos ®

Postagens populares

Atividades Evangélicas

Desafio Emagrecer

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...